Amazonino diz que envolvidos em corrupção querem voltar ao governo a qualquer custo

Manaus – “Está apoiando o candidato adversário a fina flor da safadeza que imperou na (operação) Maus Caminhos. Eles estão como uma cobra uma venenosa esperando o momento para dar o bote. Todos aqueles que foram escorraçados do meu governo”. O tom de alerta foi dado pelo candidato Amazonino Mendes (PDT), da coligação “Eu voto no Amazonas”, na sexta-feira (20/10), em reuniões de dois bairros da zona sul de Manaus.

Na quadra da Escola de Samba Morro da Liberdade, bairro de mesmo nome, Amazonino reafirmou que a roubalheira praticada por governos passados culminou no caos, encontrado por ele, no setor da saúde. Ele salientou que os envolvidos querem voltar a qualquer custo para o governo. “O que ocorreu na saúde pública é uma vergonha nacional. A tal da Maus Caminhos e agora a Cash Back (operação deflagrada pela Polícia Federal).

Foto: Clóvis Miranda

Eu afastei essas pessoas porque eu temia a voracidade cruel dessa gente sem limites. Pessoas que me apoiaram viraram inimigas porque queriam assaltar o estado e eu não deixei. E, hoje, estão do lado de lá”, disse o candidato.

Ao lado de Rebecca Garcia (PP), candidata a vice-governadora, e de apoiadores da área cultural, Amazonino reafirmou o compromisso com o povo amazonense e relembrou como reorganizou o estado em menos de um ano. “Hoje, somos o estado que mais tem obras no Brasil. Em todos os municípios estão com obras. Tudo isso graças a responsabilidade e seriedade do nosso governo”, destacou Amazonino.

Amazonino visitou ainda na noite desta sexta-feira, os moradores do bairro Praça 14 de Janeiro, onde encontrou com milhares de apoiadores da cultura, na quadra da Escola de Samba Vitória-Régia.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
4 + 15 =