Após fazer programa e cliente não pagar, travesti detona três carros e agride policias

Brasília – Policiais militares prenderam uma travesti nesta terça-feira (14/8) próximo ao shopping Riacho Mall, na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB).

De acordo com a PM, a travesti, conhecida como “Bruna”, estava, aparentemente, sob efeito de substância entorpecente. Testemunhas, entretanto, relataram que ela teria ficado com raiva depois de ter levado calote de um cliente.

Descontrolada, ela teria atacado o cliente com o extintor de incêndio e uma chave de roda. “O homem correu para se esconder dela, já que a travesti é muito forte. Ela não conseguiu pegá-lo e quebrou o carro dele”, conta Sérgio Bautzer, delegado de plantão da 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), para onde a travesti foi conduzida após toda a confusão.

De acordo com o delegado, agentes do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) acharam que ocorria um acidente de trânsito, porque o carro estava parado na rodovia, e pararam a viatura. A travesti, também com a chave de roda, atacou o carro do DER e saiu correndo para o Riacho Mall, destruindo os carros no caminho.

Bruna quebrou os vidros de três carros particulares. Com base em relatos dos militares, a travesti resistiu à abordagem e, ainda, agrediu dois agentes do DER. Ela precisou ter as pernas imobilizadas para que entrasse no cubículo da viatura.

Na 27ª DP, onde está em cela separada à espera da audiência de custódia, a travesti teria ofendido os sargentos da PMDF, chamando os militares de “macacos” e tentado cuspir no rosto do delegado, além de tentar agredi-lo. Foi autuada por dano ao patrimônio público e privado, injúria racial e desacato, resistência à prisão e desobediência.

“São muitas as vítimas envolvidas. Ela pode ter sofrido um surto psicótico”, considera o delegado Sérgio Bautzer.

Veja vídeos:

Com informações Metrópoles

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
23 × 17 =