Após sessão tumultuada, Senado aprova reforma trabalhista

Brasília – O texto-base da reforma trabalhista apresentado pelo Governo Michel Temer passou no Congresso e agora vai à sanção presidencial. O Senado aprovou nesta terça-feira, por 50 votos a favor, 26 contra e uma abstenção, o projeto de lei que traz a prevalência dos acordos coletivos em relação à lei em pontos específicos, o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, obstáculos ao ajuizamento de ações trabalhistas, entre outras alterações.

Centrais sindicais e senadores da oposição criticaram a reforma, dizendo que ela fragiliza e precariza as relações de trabalho.

Com informações El PAÍS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
24 + 6 =