Image and video hosting by TinyPic

Capitão Alberto Neto visita municípios do interior do Amazonas para falar da segurança


Manaus – Em visita ao interior do Amazonas, Alberto Neto tem percorrido as calhas dos rios Juruá, Purus e Médio Solimões para conversar com a população e ouvir os anseios dos policiais lotados nos municípios destas regiões. Desde o início da viagem, o pré-candidato passou por Tefé, Fonte Boa, Juruá, Carauari, Itamarati, Envira e Eirunepé.

Até a próxima segunda-feira (23), a comitiva ainda passará por Ipixuna, Guajará, Lábrea, Pauiní e Tapauá. Ao todo, o pré-candidato deve visitar 12 cidades do interior do estado para ouvir dos moradores quais os principais problemas enfrentados por eles que podem ser solucionados com emendas parlamentares.

Pré-candidato conhece quarteis

Em Fonte Boa, o pré-candidato foi recebido no Quartel da Polícia Militar, onde ouviu os anseios da corporação e conversou sobre as melhorias que podem ser alcançadas como parlamentar. Ele também falou sobre previdência e recursos para beneficiar os policiais.

Ao chegar ao município de Juruá, o capitão da PM pode constatar as condições precárias da tropa. Entre os problemas relatados pelos policiais estão a falta de armamento, munição, viaturas e combustível para manter o efetivo nas ruas.

Em Carauari a realidade é um pouco diferente. Graças aos esforços dos policiais o quartel do município é estruturado, mas, a escassez de armamento bélico ainda é um problema a ser solucionado.

“É triste ver como nossa tropa está abandonada no interior do estado. O policial não tem as mínimas condições de trabalho. E mesmo sem estrutura, nossos guerreiros enfrentam o crime organizado. Nós temos que mudar essa situação”, disse.

Policiais apoiam Alberto Neto

Na terça feira (17), o capitão conheceu o 3º Batalhão da PM em Tefé. Segundo os policiais, Alberto Neto é visto na corporação como o reforço que a categoria precisa para lutar por melhorias em Brasília.

No município, o pré-candidato também foi recebido na Rádio Mel FM, onde concedeu entrevista por cerca de dez minutos. Entre os assuntos que foram pauta da conversa, a atuação da Segurança Pública no interior foi destaque.


Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
17 − 16 =