Criança é sequestrada e estuprada depois de ser abordada a caminho de escola em Manaus


Manaus – Uma menina de 12 anos foi rendida por um homem enquanto ia para escola na manhã de quarta-feira (11), no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. A criança foi mantida por mais de seis horas trancada no quarto de uma casa onde foi estuprada. Um homem de 40 anos foi preso nesta quinta-feira (12) depois que a vítima ajudou a Polícia Militar a encontrar o local onde foi abusada sexualmente. Um segundo suspeito é procurado pela Polícia Civil.

loading...

Segundo a polícia, a menina caminhava em direção à escola municipal onde estuda e foi abordada pelo homem quando passava pelo beco Castro Alves, por volta das 7h. A menina relatou à polícia que o estuprador estava bebendo com outro homem e a arrastou, pelos cabelos, até uma casa e depois a deixou trancada em um quarto do imóvel.

Por volta das 13h, o homem teria retornado e violentado sexualmente a menina, enquanto o segundo homem vigiava no entorno da casa. Depois do crime, o homem colocou a menina em um carro e a deixou perto da casa onde mora.

A vítima relatou a violência sexual aos pais e a polícia foi acionada. A menina conseguiu apontar para policiais da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) o imóvel onde foi estuprada e também o beco onde foi abordada.

Policiais militares conseguiram identificar um suspeito e o prenderam na Rua Santa Fé, por volta de 1h30 da madrugada. O suspeito foi levado para a Delegacia Especializada de Assistência e Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Na delegacia, a menina, segundo a polícia, reconheceu o homem como autor do estupro. A vítima foi encaminhada para exame de conjunção carnal no Instituto Médico-Legal (IML) onde foi constatado o crime.

O homem, de 40 anos, foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e encaminhado para audiência de custódia no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na manhã desta quinta-feira. A Justiça definirá se o suspeito permanecerá preso ou responderá pelo crime em liberdade. A polícia trabalha para identificar e prender o segundo homem suspeito de participação do crime.

Com informações G1


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas