Criminoso assalta ônibus e faz reféns em Manaus


Manaus – Depois fazer 30 passageiros reféns, durante um assalto a um ônibus da linha 301, no Centro da capital e, em seguida, fazer um taxista refém para fugir, o ex-presidiário Wilkemberg José Farias Soares, 26, preso na noite desta sexta-feira (23), na zona sul da capital.

O taxista de 43 anos que pediu para não ter o nome divulgado, contou que o suspeito ainda atirou duas vezes contra ele, mas a arma, um revólver calibre 38 não disparou. Wilkemberg foi preso próximo a um Rip Rap, na Rua Maués, bairro Raíz, por uma equipe da Força Tática, da Polícia Militar (PM).

O motorista do ônibus, Zenon Pereira das Neves, 34, disse que Wilkemberg é um comparsa que conseguiu fugir, entraram no coletivo no Terminal 1, mas anunciaram o roubo somente no terminal da Matriz, no Centro. “No T1 não podia entrar passageiros, mas quando abri a porta eles já foram entrando. O que foi presos era o que estava com a arma. Foi ele que pediu carona até o Centro, e também, quem anunciou o assalto e ficava ameaçando os passageiros”, disse que o motorista que revelou que esse foi o oitavo assalto sofrido por ele só este ano.

A dupla saltou do coletivo levado R$ 200 da renda, além de celulares e dinheiro da cobradora e dos passageiros.

Depois disso, Wilkemberg rendeu o taxista em um ponto de Táxi na avenida Getúlio Vargas, e exigiu que ele o levasse até a Raíz. ” ele (suspeito), vinha todo tempo com a arma na minha cabeça. Quando vi uma viatura da Força Tática, sinalizei e eles entenderam que era roubo. O banido vinha gritando direto no meu ouvido. Se polícia me pegar eu te mato”, disse.

Wilkemberg foi levado para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado por roubo, porte ilegal de arma de fogo e ameaça.

Com informações D24am


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas