Criminosos roubam cestas básicas de instituição de caridade

Brasília – O Projeto Amama, ONG que atende mulheres com câncer em Taguatinga Norte, precisou adiar a confraternização de Natal prevista para este sábado (17/12). As 50 cestas básicas que o grupo havia reunido para doar para as famílias atendidas foram furtadas.
O crime aconteceu na semana passada, na madrugada entre sexta-feira (9/12) e sábado (10/12). Os suspeitos entraram pelo telhado da instituição e além das cestas básicas levaram brinquedos e perucas destinadas a doação. Um notebook pertencente à assistente social que trabalha no local também foi levado.
Apesar da frustração, os voluntários não se entregaram e começaram uma forte campanha nas redes sociais para recuperar as doações. A coordenadora do projeto, Tânia Bessa, 58 anos, conta que a ONG está aberta diariamente até o dia 21, dia escolhido para a confraternização e a entrega das doações. “Foi muito difícil, mas não deixamos nos abalar, não podemos deixar essas mulheres na mão. Estamos recebendo as doações e desde o assalto já conseguimos reunir 49 cestas”, conta.
O objetivo é reunir cerca de 100 cestas básicas. Segundo Tânia, além de ajudar as mulheres com câncer, a ONG procura assistir todos que procuram auxílio. “Atendemos a comunidade, não negamos ajuda a ninguém”, explica.
O projeto tem 12 anos e há dois ocupa o espaço na QNT 47. “Nunca imaginamos que isso poderia acontecer. A comunidade nos recebeu muito bem, até porque revitalizamos um espaço que estava virando uma cracolândia”, explica Tânia.
Apesar da tristeza, o clima é de esperança e solidariedade. Tânia firma que ela e os outros voluntários continuaram fazendo todos os esforços para conseguir as doações e fazer a confraternização com o grupo.
Com informações Correio Brazilense. 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
36 ⁄ 12 =