Criminosos sequestram mulher e matam mototaxista em Manaus

Manaus – O vigilante Salmo Vieira Santos Souza, de 40 anos, foi  assassinado com tiros de arma de fogo, na noite desta segunda-feira (23), no bairro Compensa II, na Zona Oeste de Manaus. A vítima, que também trabalhava como mototaxista, foi perseguida enquanto transportava uma cliente. A mulher foi levada no veículo usado pelos criminosos e uma motocicleta da vítima foi roubada. A Polícia Civil investiga se o crime foi um latrocínio.

De acordo com familiares do vigilante, Salmo Vieira estava de folga e trabalhava nas horas vagas como mototaxista. Testemunhas relataram a família que ele trafegava com uma cliente da garupa da moto pela rua Belo Horizonte quando, por volta das 18h30, um veículo preto começou a segui-los. A vítima foi perseguida e assassinada no campo de futebol do Centro Desportivo da Compensa (CDC).

“Não sabemos quantos homens estavam no carro preto, mas um deles armado ordenou que o motociclista parasse. Dois homens desceram do carro um pegou a passageira, puxando pelos cabelos e colocou a força dentro do carro. O outro foi atrás do mototaxista que tinha corrido para o campo tentando fugir. O homem atirou nele ainda na entrada do campo e depois fugiu”, disse uma testemunha, que prefere não se identificar.

Salmo Vieira foi atingido por dos tiros na cabeça e costas. A vítima morreu no local e os criminosos levaram uma moto modelo Bros de cor preta que pertencia ao vigilante. Outros pertences da vítima também foram roubados.

A 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) isolou a área até chegada de peritos do Instituto de Criminalística (IC) e da equipe do Instituto Médico-Legal (IML). Uma equipe do 19ª Distrito Integrado de Polícia (DIP) coletou informações no local do crime. A Polícia Civil não descartou a possibilidade de o crime ter sido latrocínio (roubo seguido de morte), mas outras linhas de investigação serão apuradas.

Os familiares não relataram se a vítima estivesse sofrendo ameaças. A família disse que não sabe quem é a mulher que foi levada pelos criminosos.

Com informações G1.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
22 ⁄ 11 =