Criança de 1 ano morre após ter socorro negado por médica

Rio – A Polícia Civil investiga a morte de uma criança de 1 ano e 6 meses após umamédica ter recusado o atendimento na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. A família de Breno Rodrigues Duarte da Silva, que sofria de doença neurológica, havia chamado ambulância para socorrer o menino, mas quando a equipe de remoção chegou, a médica teria alegado que seu expediente havia chegado ao fim e não prestou os primeiros-socorros.

A criança morreu uma hora e meia mais tarde, enquanto esperava outra ambulância. A família acusa a profissional de negligência e omissão de socorro.

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) abriu sindicância para apurar o caso.

Por causa da doença neurológica, Breno recebia atendimento médico domiciliar. Quando o menino começou a se sentir mal, com fortes dores abdominais, a pediatra orientou, por telefone, que a mãe do menino acionasse o plano de saúde para fazer a remoção e interná-lo.

Com informações Veja

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
9 × 18 =