Image and video hosting by TinyPic

Defesa de Cabral vai denunciar criminalmente Moro e Segóvia por causa de algemas


Rio – Os advogados responsáveis pela defesa do ex-governador Sérgio Cabral vão acionar criminalmente o juiz Sergio Moro e o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, pelo uso de algemas nas mãos e corrente nos tornozelos do ex-governador do Rio durante a realização de exames no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba, na última sexta-feira (19). Além disso a defesa alega que é desnecessária a transferência do emedebista ao Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, a força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro abriu inquérito para apurar quem foi o responsável por autorizar o uso de algemas durante a transferência de Cabral.


Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
11 × 30 =