Empresário é encontrado degolado e com as mãos e pés amarrados


Manaus – Vítima de esgorjamento (lesão feita por arma branca, com tentativa de decapitação), o empresário Pedro Pires da Costa, 52, foi assassinado em sua própria casa na madrugada desta quinta-feira (15), na rua 4, São José 3, zona Leste. Com suspeita de crime sexual, o óbito foi descoberto no final da tarde de hoje.

Proprietário do Lanche Peterson, o empresário foi encontrado com as mãos amarradas pra trás. A suspeita é que o crime tenha ocorrido entre as 3h e 5h da manhã, conforme investigadores da Polícia Civil. Pedro morava apenas com o filho de 11 anos e no momento do crime, estava na casa de uma tia.

Conforme populares foi o sobrinho, funcionário do lanche, quem o encontrou. Ele havia deixado o mesmo em casa após o fechamento do estabelecimento e não foi mais visto. No final da tarde desta quinta, era o momento de abrir a lanchonete. O sobrinho e outros funcionários viram o carro de Pedro, mas encontraram o local fechado.

De acordo com o investigador da Polícia Civil, que prefere não se identificar, o empresário era conhecido como mulherengo e, inclusive, já havia caído no golpe do roupinol. “As características levam a crer que foi um crime sexual”, comenta.

Conforme as câmeras de vigilância dos outros estabelecimentos da rua, Pedro chegou sozinho em casa. A porta que dava acesso a casa por trás foi arrombada.

O caso agora será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Com informações Acrítica


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas