Deputado Federal Hissa Abrahão escapa da expulsão e está na corrida para a Prefeitura de Manaus


Manaus – O deputado federal do Amazonas Hissa Abrahão escapou da expulsão do PDT. Pelo voto na razoabilidade do impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados, o parlamentar teve conhecimento suspensão de 40 dias da direção regional do partido, da qual é presidente.

A medida foi decidida com base em parecer da comissão de ética, saiu no final da tarde desta segunda-feira, dia 30, em reunião do diretório nacional do PDT, no Rio de Janeiro.

Ao  lado de cinco deputadosHissa, contrariou orientação do partido em não votar contra o prosseguimento do processo da presidente. Dos seis, apenas um foi expulso, Giovani Cherini, do Rio Grande do Sul.

Os demais, assim como Hissa, foram apenas suspensos. São eles Sérgio Vidigal (ES), Flávia Morais (GO), Mário Heringer (MG) e Subtenente Gonzaga (MG).


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas