Detendo é morto a terçadadas na Zona Leste de Manaus

Manaus – Um presidiário, ainda não identificado, que aparentava ter entre 25 e 30 anos, morreu na noite desta quinta-feira (17), no Hospital Platão Araújo. A vítima usava uma tornozeleira eletrônica na perna direita e foi encontrada com vários cortes de terçado pelo corpo e um tiro na cabeça, na rua Guaiaco, na quarta etapa do bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. A autoria do crime ainda é desconhecida. As informações são do Em Tempo.

A vítima foi socorrida por uma equipe do Samu que passava pelo local. Segundo um policial militar que trabalha no pronto- socorro, o detento chegou na unidade de saúde inconsciente e não resistiu aos procedimentos médicos. “Ele foi entubado e seria transferido para outro hospital, mas não deu tempo”, contou o PM.

O corpo do detento foi encaminhado para o IML, onde aguarda por identificação.

O industriário Rodrigo Almeida de Queiroz, de 29 anos, foi executado com três tiros na cabeça, na avenida Francisco Queiroz, a estrada do Manôa, no bairro do mesmo nome, na Zona Norte de Manaus.

Testemunhas informaram para a polícia que a vítima estava sentada em frente a uma mercearia, quando dois homens, ainda não identificados, sendo um deles armado, fizeram os disparos contra a vítima e fugiram a pé.

Rodrigo ainda foi socorrido e levado pelo Samu para o pronto-socorro Platão Araújo, mas chegou morto ao hospital.

Familiares da vítima não quiseram comentar o caso. De acordo com o registro da Delegacia de Homicídios, o industriário era usuário de drogas e já havia sido preso por tráfico de drogas.

Os dois casos estão sendo investigados pelas Delegacia de Homicídios.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
44 ⁄ 22 =