Dieta rica em tomate pode ajudar na recuperação de pulmão de ex-fumantes, diz estudo


São Paulo – Uma dieta equilibrada e rica em tomates, acredite, pode salvar vidas. É o que sugere um estudo realizado pela Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health, em Baltimore, nos Estados Unidos. Pesquisadores descobriram que, em um período de dez anos, foi possível desacelerar a perda progressiva de função pulmonar entre ex-fumantes que seguiram uma dieta rica em frutas, como o tomate, além do consumo frequente de maçã. As informações são da Veja.com 

A pesquisa comprovou que certos componentes presentes nesses alimentos podem ajudar a restaurar os estragos causados pelo cigarro no pulmão. Os pesquisadores descobriram que adultos que comiam, em média, mais de dois tomates e mais de três porções de frutas por dia tiveram menor declínio nas funções do órgão respiratório — em comparação com pessoas que comeram, diariamente, quantidades inferiores desses alimentos.

O estudo, feito em conjunto com pesquisadores do Imperial College de Londres, mostrou que o maior consumo de tomate resultou em melhora no órgão de todos os adultos analisados, inclusive nos que nunca fumaram. As descobertas foram publicadas na edição de dezembro do European Respiratory Journal.

“O estudo mostra que a dieta pode ajudar a reparar os danos nos pulmões de pessoas que abandonaram o cigarro. A análise sugere ainda que uma alimentação rica em frutas pode diminuir o processo de envelhecimento do pulmão, até mesmo de pessoas que nunca tiveram o hábito de fumar”, explica Vanessa Garcia-Larsen, professora-assistente da Johns Hopkins e principal autora da pesquisa.

Para chegar a essa conclusão, os estudiosos analisaram a dieta de 680 adultos e avaliaram, ao longo de dez anos, o desempenho deles em um teste de espirometria, que afere tanto o volume que uma pessoa consegue inspirar e expirar, quanto a velocidade com que esses movimentos são executados.

Assim, concluíram que todos podem tirar vantagem de uma dieta rica especialmente em tomate. Mas o efeito pulmonar foi particularmente evidente em ex-fumantes, apontaram os pesquisadores.

“As funções do órgão começam a declinar em torno dos 30 anos, variando de acordo com a saúde da pessoa”, diz Vanessa.  “Nosso estudo sugere que comer mais frutas com regularidade atenua esse envelhecimento e pode até reparar os estragos feitos pelo cigarro. Essa dieta ainda pode ajudar a combater o diagnóstico de doença pulmonar obstrutiva crônica [DPOC] no mundo todo.”

 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas