Diretor da LaMia, companhia de voo da Chape, é preso na Bolívia


São Paulo –  O diretor-geral da companhia aérea LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, foi detido nesta terça-feira (6) junto a dois funcionários da empresa na Bolívia. A empresa é investigada após a queda do avião que levava a equipe da Chapeconese à final da Copa Sul-Americana, na Colômbia.

loading...

De acordo com informações dos jornais locais ‘El Deber’ e ‘La Razón’, Gamboa teria sido levado à sede da procuradoria de Santa Cruz com os empregados. a Aireção Geral da Aeronáutica Civil da Bolívia teria confiscado papéis e documentos da empresa. Os escritórios da empresa foram fechados.

Segundo a agência de notícias Efe, Vargas é ex-militar da Força Aérea da Bolívia que entre 2001 e 2007 foi piloto de diversos presidentes, incluindo o atual, Evo Morales.

No total, o acidente com o avião da Lamia deixou 71 mortos e seis feridos.

Por Noticias ao Minuto. 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas