Dois são presos por assassinato e estupro de meninas de 3 anos


São Paulo – A dupla responsável pela morte das meninas Adrielly Mel Severo Porto, a Mel, e Beatriz Moreira dos Santos, a Bia, ambas de 3 anos, em uma comunidade de São Paulo, atraíram as meninas com guloseimas. Após desaparecerem na tarde do dia 24 de setembro, os corpos foram encontrados – em avançado estado de decomposição – no dia 12 de outubro.

“Eles ofereceram doces para as duas e pediram para que elas os acompanhassem até um barraco, onde teria mais comida”, explicou a delegada Ana Paula Rodrigues, responsável pelo caso à Folha de S.Paulo.

Os acusados relataram que estavam bebendo em um bar, quando viram as meninas brincando, no dia do desaparecimento. Eles, então, ofereceram doce para atrair a atenção das crianças.

“Eles já estavam de olho nas duas, porque as meninas ficavam brincando na comunidade sem a proteção dos pais”, afirmou a delegada.

As duas meninas foram mortas por asfixia e depois estupradas em um barraco de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, no mesmo dia em que desapareceram. Segundo a Polícia Civil, de acordo com o relato de confissão de Marcelo Pereira de Souza, preso nesta sexta-feira (20).

Ainda não se sabe se o relato de Marcelo Pereira é verdadeiro. Everado de Jesus Santo, apontado como comparsa de Marcelo, também foi preso.

A dupla chegou a ser sequestrada e torturada para confessar o crime. Ainda não se sabe se os responsáveis pela sessão de tortura são membros de uma facção criminosa ou mesmo moradores do bairro.

Crime bárbaro

Mel e Bia teriam sido levadas até um barraco, que pertencia a Everaldo. Lá, cada um estrangulou uma das crianças e depois as estupraram.

Homens teriam sido torturados por suspeita de participação em crime (Foto: Reprodução/TV Globo)

Os suspeitos esperaram anoitecer para carregar no colo o corpo das crianças até um carro Fiat do modelo Fiorino, abandonado na região há cerca de três meses.

Por causa do mau cheiro, um vizinho encontrou os cadáveres dentro do veículo no Dia das Crianças.

Com informações do Extra


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas