Dupla é presa pelo latrocínio de taxista em Iranduba


Manaus – O delegado Antônio Chicre Neto, responsável pela 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), do município de Iranduba (a 27 Km de Manaus), prendeu, na tarde desta terça-feira (28), pelo menos quatro pessoas suspeitas de envolvimento na morte do taxista João Lima da Silva, de 67 anos. As prisões ocorreram horas depois da equipe de investigação encontrar o corpo da vítima, em uma área de mata, situada no Km 13, da rodovia Manoel Urbano.

 De acordo com o delegado, dois dos quatro suspeitos a polícia tem a confirmação da participação no crime e eles serão apresentados à imprensa nesta noite. A coletiva será realizada na sede da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), às 17h.

A equipe da delegacia ainda continua em diligências para elucidar o crime ainda hoje. Chicre confirmou que o taxista foi morto a facadas, mas não comentou qual teria sido a motivação do crime.

João Lima estava desaparecido desde segunda-feira (27).

 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas