Image and video hosting by TinyPic

Em Manaus, motorista é morto com tiro na cabeça durante assalto a micro-ônibus


Manaus – Um micro-ônibus, usado no transporte de trabalhadores de uma empresa do Polo Industrial de Manaus (PIM), foi assaltado no início da madrugada desta terça-feira (21), no bairro Santo Agostinho, Zona Oeste. O motorista Everaldo Doval de Almeida, de 54 anos, tentou fugir do criminoso com veículo, mas foi atingido com um tiro na cabeça e morreu em uma das principais avenidas do bairro. O assaltante roubou um celular de um passageiro e fugiu.

Segundo informações da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o micro-ônibus trafegava pela Avenida Rio Negro quando foi abordado por um criminoso armado com arma caseira.

“Era um indivíduo armado com arma de fogo caseira que esperou o veículo reduzir a velocidade quando passava no quebra-mola para anunciar o assalto. O motorista não parou e o assaltante efetuou um disparo que atingiu o rosto da vítima”, relatou o tenente Ivan.

Com o motorista ferido, o veículo ficou desgovernado. O micro-ônibus só parou quando bateu em um poste de energia elétrica e o muro de uma casa. Um passageiro sofreu ferimentos leves e teve o celular roubado pelo assaltante. O motorista sofreu hemorragia cerebral e fratura na calota craniana. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O assaltante fugiu correndo por um rip rap em direção a comunidade Chiquitita.

O corpo do motorista foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).

O latrocínio foi registrado pelos familiares no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Ponta Negra. A Polícia Civil do Amazonas investiga o crime.

Família

Everaldo Doval era casado e deixou dois filhos. O motorista era natural de Manicoré.

A irmã da vítima, a jornalista e radialista Rosa Doval, de 51 anos, publicou uma mensagem de desabafo sobre violência que vitimou o irmão.

“Nesta madrugada, minha família foi vítima da violência que assola a nossa cidade. Meu irmão trabalhando, como motorista de micro-ônibus do Distrito. Ao deixar o último passageiro no bairro Santo Agostinho, sofreu um assalto e não resistiu. Hoje choro o que tantas famílias choram todos os dias por conta da violência. Hoje a minha família foi vítima como tantas outras. Perder um irmão, um amigo brutalmente, é doloroso demais. Mas Deus nos ajude a suportar essa enorme dor”, desabafou a irmã nas redes sociais.

Local perigoso

Um trecho da Avenida Rio Negro registrado roubos a ônibus e micro-ônibus consecutivos. Os criminosos abordam os veículos, roubam e fogem para comunidade Chiquitita.

“É o mesmo modus operandi que eles agem naquele trecho da Avenida Rio Negro. Os assaltos a ônibus na madrugada tem sido quase que diariamente”, disse o tenente.

Na madrugada do dia 8 de novembro, um grupo de assaltantes trocou tiros com a Polícia Militar durante tentativa de assalto em micro-ônibus do transporte especial. A PM surpreendeu os criminosos no momento que iam abordar novas vítimas no bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus. Um dos suspeitos morreu no tiroteio com uma arma caseira na mão e dois fugiram.

Com informações G1 Amazonas 


Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 × 23 =