Estudantes são apontados como suspeitos de matar professor Amin Haddad

Manaus – Impressões digitais encontradas na casa do professor Amin Costa Haddad, 50, confirmaram a participação de dois estudantes, no cruel assassinato do professor, no apartamento da vítima, localizado no Promorar da Compensa. A motivação do crime é latrocínio e está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

De acordo com familiares da vítima, os criminosos não arrombaram nenhuma das portas do apartamento. “Encontraram uma chave no chão, próximo do portão”, contou um dos familiares.

Os nomes dos dois suspeitos foram mantidos em sigilo para não atrapalhar as investigações.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
4 − 3 =