Image and video hosting by TinyPic

Ex-governador do Amazonas, reclama de colchão duro e ‘carapanã’ em presídio; assista


Manaus – Em depoimento gravado durante audiência de custódia perante o juiz federal plantonista Ricardo Augusto Sales, o então ex-governador do Amazonas, José Melo (Pros), aparentemente abatido relatou que não sofreu nenhum tipo de violência durante sua prisão deflagrada na operação “Custo Político” que investiga o desvio de R$ 110 milhões da saúde do Estado.

De acordo com Melo o único problema da prisão é que abalou sua estrutura psicológica “dada a sua dificuldade”  de se alimentar, o ex-governador também reclamou do colchão oferecido aos detentos e do excesso de mosquito. Além disso ele frisou o quanto está debilitado o ex-secretário de saúde Wilson Alecrim, preso durante a segunda fase da operação Maus Caminhos.

Assista o depoimento do ex-governador do Amazonas:

Após a audiência de custódia o juiz federal plantonista Ricardo Augusto Sales, aceitou o pedido da defesa do ex-governador e resolveu conceder liberdade a José Melo (Pros), na noite do dia 26 de dezembro. Entretanto José Melo, voltou a ser preso no dia (31) de dezembro quando se preparava para comemorar a festa da vira do ano com a família, na capital amazonense.

Além de Melo permanecem presos os ex-secretários Afonso Lobo, Evandro Melo e Pedro Elias. O ex-secretário Wilson Alecrim, aguarda julgamento em prisão domiciliar em decorrência de um câncer na próstata.


Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 − 8 =