Homem que exibiu arma em carreata pela vitória de Bolsonaro é morto a tiros por policial; veja

A vítima foi identificada como Rodrigo Magalhães de Brito, de 29 anos. Ele teria desafiado o suspeito, Neto Tertulino, em grupos de WhatsApp após ter sofrido críticas por mostrar o armamento nas ruas. Na segunda-feira (29), uma equipe da PM foi enviada para efetuar a prisão de Magalhães.

De acordo com nota da Polícia Militar do Piauí, ao ser avisado da detenção, Rodrigo teria tentado fugir. “Em seguida, houve abordagem policial e acabou sendo alvejado durante a intervenção”, informa o texto. Segundo o site 180graus, ele foi atingido com dois tiros.

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
36 ⁄ 18 =