Dois homens são presos acusados de enterrar cachorro vivo em ritual de magia; assista

Brasília – Dois homens foram detidos, na tarde deste sábado (14/4), acusados de enterrarem um filhote de cachorro da raça boxer em um ritual de magia. Segundo a PMDF, policiais militares desconfiaram da atitude da dupla, que estava escavando a terra em uma área com o mato alto, na QI 5 do Guará. As informações são do Metropoles. 

Durante a abordagem, eles negaram a prática de qualquer ato ilegal e contaram que tinham enterrado um animal morto.

Após serem pressionados pelos policiais, acabaram confessando terem sepultado o filhote vivo para um ritual de purificação. Os policiais conseguiram resgatar o cachorro com vida, mas bastante debilitado. O animal foi levado a um hospital veterinário, mas não resistiu, conforme informou a PM.

Divulgação/PMDF
DIVULGAÇÃO/PMDF

Advogada e membro da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da  Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF), Ana Paula Vasconcelos acompanha o caso e pede punição para os envolvidos nos maus-tratos.

“Ele está todo quebrado, com afundamento de crânio e muito machucado. Nós conseguimos interná-lo numa clínica particular. Vamos acompanhar de perto esse caso”, disse.

De acordo com o Metrópoles, a Polícia Civil ainda não havia dado detalhes da ocorrência até a última atualização desta reportagem.

Segundo a PM, os dois homens assinaram Termo Circunstanciado, que é um compromisso em comparecer em juízo quando intimados, e foram liberados.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 + 11 =