Estado de saúde piora e recém-nascida enterrada viva deve passar por cirurgia

Cuiabá – A recém-nascida indígena enterrada viva pelos familiares teve uma piora no estado clínico na noite dessa quinta-feira (07). A menina está com insuficiência respiratória, precisou ser entubada e os médicos a colocaram sob ventilação assistida.

Segundo nota divulgada pela direção da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, a bebê “apresentou recorrência dos sangramentos digestivos e também piora das escórias renais devido ao quadro de sepse [complicação de infecção] que apresenta”.

Ainda conforme a nota, a recém-nascida passará por uma intervenção cirúrgica para a passagem de catéter de tenckhoff, para realizar diálise peritoneal, indicada para pacientes que apresentam quadros de insuficiência renal aguda, ou crônica.

O caso

Policiais civis e militares, depois de receberem uma denúncia de que uma bebê indígena havia sido enterrada pelos familiares, foram até o local e conseguiram salvar a criança ainda viva.

Os policiais gravaram um vídeo emocionante que mostra o momento em que a recém-nascida foi desenterrada. O caso aconteceu nessa terça-feira (05) e a criança ficou cerca de sete horas enterrada. As informações são do “O Livre”. 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 × 17 =