Homem diz que se “tornou” gay após tomar analgésico

Rio – Scott Purdy, de 23 anos, quebrou um dos pés quando pilotava um kart por diversão. No processo de recuperação, ele tomou um analgésico – uma prescrição costumeira em casos do tipo.

Só que, agora, Scott transformou o remédio em vilão. Ele diz que o uso do analgésico o fez virar gay. Segundo o inglês, o medicamento Pregabalin rapidamente o fez perder o interesse por mulheres. Como consequência, Scott terminou um namoro de seis meses e passou a ter olhos só para homens.

“Nunca tive interesse em homens. Mas percebi que a minha libido por mulheres tinha desaparecido e que eu estava querendo só a atenção masculina. Na juventude eu fui até um pouco curioso, mas semanas após tomar o analgésico, eu mudei e não a achei mais atraente”, disse ele, segundo o “Metro”.

Scott, que costumava postar nas redes sociais fotos apaixonadas com a namorada, disse que decidiu falar como um alerta a todos que precisam de um analgésico.

“Acho que as pessoas devem saber disso. Se alguém for tomar isso no futuro, deve saber do que essa medicação é capaz. Parei de tomar depois de algumas semanas e o desejo por homens desapareceu”, declarou ele.

Só que Scott voltou a tomar Pregabalin, que também é prescrito para controlar paranoia e ansiedade.

“Estou feliz. Vou continuar tomando porque o remédio de deixa feliz sobre a minha sexualidade. Foi libertador”, afirmou.

Scott, que mora em Louth (Inglaterra), está começando um relacionamento com um rapaz de Londres, que tomou conhecimento da sua história após relato no Facebook. Com informações Extra. 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
36 ⁄ 9 =