Polícia Federal prende políticos e garimpeiros no interior do Amazonas

Manaus – A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 27, 13 pessoas envolvida em um atentado que cuminou na destruição de bens móveis e imóveis dos órgãos públicos federais”, na cidade de Humaitá no interior do Amazonas. Segundo a PF o grupo criminoso é composto por políticos e garimpeiros que se irritaram com a Operação ‘Ouro Fino’, articulada pela Superintendência do Ibama no Amazonas, juntamente com a Marinha do Brasil, e o ICMBio.

Foto: Divulgação

Durante as investigações, foi identificado o envolvimento de políticos e  garimpeiros que seriam os mentores de diversos incêndios a órgãos públicos federais do  município, que ocasionou em um  prejuízo avaliado em R$ 1.101.052,87 para os cofres públicos federais.

Lex Talionis

O nome da Operação Lex Talionis é uma referência à Lei de Talião, do latim “lex talionis”, conhecida popularmente como  “olho por olho, dente por dente”. Além disso a operação contou com 120  policiais federais que cumpriram15 (quinze) mandados de busca e apreensão

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
20 + 9 =