Integrantes do MST jogam tinta vermelha em apartamento de Cármen Lúcia; assista

Belo Horizonte –  A fachada do prédio onde mora a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Carmen Lúcia, foi inunda por uma tinta vermelha no início da tarde dessa sexta-feira (6) em protesto por sua decisão no caso do habeas corpus do ex-presidente Lula.

O protesto que manchou toda a área externa do apartamento da ministra localizado em Belo Horizonte, o ato foi coordenado por militantes do MST (Movimento Sem Terra).

Segundo a PM ao menos 500 pessoas participaram da manifestação e gritaram frases de apoio ao ex-presidente petista. 

Assista: 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
18 ⁄ 9 =