McGyver da vida real? Mito transformou seu carro quebrado numa moto para fugir do deserto

Rio – Imagine a sensação de alguém que fica com ocarro quebrado definitivamente no meio do deserto. O que fazer numa situação dessas? Foi exatamente isso que aconteceu com o francês Emile Leray quando estava cruzando o deserto no Marrocos a bordo do seu Citroën 2CV em 1993.

Na época, ele tinha 43 anos e já havia realizado algumas aventuras na região anteriormente. Depois de sair da cidade de Tan-Tan ele rodou por cerca de 35 km e foi parado pelo Exército local, que ordenou que ele não prosseguisse por conta de conflitos na região. No entanto, ele tentou desviar do bloqueio para seguir viagem, mudando completamente da rota, quando acabou colidindo contra uma pedra e danificou definitivamente a suspensão, o eixo dianteiro e uma parte do chassi do carro.

Dessa forma, ele ficou isolado a uma distância de algumas dezenas de quilômetros da civilização. Nessa situação desesperadora (lembrando que as condições de caminhada e hidratação são completamente diferentes em um deserto), ele decidiu usar suas habilidades de eletricista e seus conhecimentos demecânica para desmontar o carro com as ferramentas que tinha, mantendo a carroceria como abrigo. O objetivo era construir uma moto a partir das peças que poderiam ser aproveitadas, considerando que ele tinha suprimentos para cerca de 10 dias.

Sem dúvida, um desafio extremo de mecânica para uma escapada espetacular, que ele encarou de forma impressionante, completando a construção em 12 dias. Pelo menos esse é o seu relato. Como você poderá ver nas imagens a seguir, Emile fez uma série de adaptações inusitadas, colocando o motor e câmbio no meio da “moto” improvisada (usando um tambor traseiro como importante elemento para fazer a roda traseira girar). Um pedaço do parachoque traseiro virou um banco rudimentar.

Depois de ficar pronta, ele reuniu o restante dos pertences e partiu com a moto no deserto (caindo algumas vezes em função da falta de balanço adequado). Curiosamente, depois de rodar por um dia, ele acabou se deparando com a polícia marroquina. Apesar de ter mantido a placa do carro original na traseira, os policiais verificaram que aquela estranha moto não era (obviamente) um carro Citroën 2CV. Dessa forma, aplicaram uma elevada multa e o conduziram para o vilarejo mais próximo.

No final das contas, ele conseguiu escapar com sua “moto” (artesanal) do local onde estava isolado, o que é um feito épico. Esse verdadeiro McGyver francês conserva a sua criação até os dias atuais, no local onde reside na França.

Apesar dele ter aparecido na TV francesa na época, somente mais recentemente essa história ganhou repercussão mundial, sendo noticiada por importantes veículos como o jornal britânico Daily Mail eSunday Times.

Citroen2CV3

E para completar a provar a fama de que o Citroën 2CV é um bom carro para encarar o deserto, veja imagens do Rally da África de 1973 que contou com a participação de 60 unidades do simpático carrinho francês.

Com informações Auto Vídeos.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
10 + 20 =