Morre a atriz Eva Todor, aos 98 anos


Rio – A atriz Eva Todor, aos 98 anos, morreu em casa, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (10). A artista que mesmo sofrendo de Mal de Parkinson mostrava desejo de voltar a trabalhar teve pneumonia e não resistiu às complicações da doença respiratória. As informações são do Pure People.

Eva, que também tinha Alzheimer e problemas cardíacos, estava recebendo os cuidados de enfermeiros em casa desde setembro, após passar período internada para cuidar da saúde. O velório da húngara que veio para o Brasil após a primeira Guerra Mundial acontecerá nesta segunda-feira (11), no Teatro Municipal. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Marcelo Del Cima, amigo da artista, afirmou que “ela esteve doente todo o ano” e era visitada por amigos e familiares com frequência. Eva Todor atuou em grandes novelas como “O Cravo e a Rosa”, “Hilda Furacão”, “América”, “Caminho das Índias” e “Salve Jorge”, seu último trabalho, em 2012.

‘ESTRELA ENFEITANDO O CÉU’, ESCREVEU GLORIA PIRES

Em sua conta pessoal no Instagram, a atriz Gloria Pires publicou algumas foto da artista Eva Todor em homenagem por seu falecimento. “Mais uma estrela enfeitando o céu. Obrigada, Eva Todor!”, escreveu a intérprete de Duda na novela “O Outro Lado do Paraíso”. Na postagem, outros artistas também lamentaram a perda da colega de profissão. “Sim! Uma estrela a mais no firmamento! Que atriz!!! Que pessoa deliciosa! Uma perda e tanto”, declarou Regina Duarte. “Meus sinceros sentimentos pela perda dessa atriz maravilha. Que seja Luz e Paz onde ela estiver”, comentou a cantora baiana Margareth Menezes. “Muita luz para nossa querida, que possa continuar alegrando nossas vidas agora na dimensão da eternidade”, desejou Beth Goulart.

ANO DE 2017 FOI MARCADO POR GRANDES PERDAS DE ARTISTAS

Além de Eva Todor, outros famosos brasileiros também partiram neste ano. No dia 1º de dezembro, morreu, aos 65 anos, a apresentadora Ana Maria Nascimento e Silva na luta contra um câncer de mama. Também com câncer, a atriz e humorista Márcia Cabrita faleceu no dia 10 de novembro. Ela tentava reverter a doença que afetou seus ovários desde 2010 e, no mês passado, precisou ser internada no hospital Quinta D’Or, na zona norte do Rio. Em 4 de setembro, Rogéria, nascida Astolfo Barroso Pinto, morreu ao ter choque séptico após uma crise convulsiva.

Por Carol Borges do Pure People


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas