Mulher aceita carona de conhecido e é estuprada e morta


Curitiba – Uma mulher de 26 anos foi estuprada e morta após aceitar uma carona de um conhecido na noite do último domingo. De acordo com a Polícia Civil da cidade Uruarama, o acusado de cometer o crime, foi identificado como um cobrador de ônibus de 33 anos que confessou o estupro e assassinato, ele está preso desde a tarde de terça-feira (5).

De acordo com o delegado Gabriel dos Santos Menezes,  a vítima identificada como Gisele Luzia Aparecida de Lima aguardava a chegada de um ônibus nas proximidades  de um posto de combustíveis , e o homem então a ofereceu carona.

“Era um colega que ela conhecia de vista pois eram ex-vizinhos. Ele ofereceu a carona e ela aceitou. No trajeto pra casa, ele desviou o caminho e entrou em uma estrada rural, levou a vítima para um canavial e a estupro e matou”, disse o delegado.

Após o estupro a vítima tentou fugir mas acabou sendo esfaqueada e morta com golpes na cabeça de um macaco hidráulico do carro.  Em depoimento o cobrador afirmou que matou Gisele com medo que ela o denunciasse pelo estupro.

“Ele relatou todo o estupro com naturalidade e de uma maneira extremamente assustadora”, diz Menezes. Assassino confesso está preso em local não divulgado por questões de segurança, conforme a polícia.

 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas