Mulher é estuprada e mantida em cárcere privado pelo ex-marido

Porto Alegre –  Um idoso de 71 anos e o filho, de 21, foram presos nesta terça-feira (20) suspeitos de manter durante um mês uma jovem de 19 anos em cárcere privado em Florianópolis. Segundo a investigação, ela sofria agressões, era obrigada a fazer tarefas domésticas e estuprada pelo rapaz de 21 anos, ex-companheiro dela.

A garota estava em uma casa em Cachoeira do Bom Jesus. Segundo o delegado Paulo Caixeta Braga Junior, responsável pela investigação na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), o quarto onde jovem era mantida tinha vedação nas janelas e trinco do lado de fora da porta.

De acordo com o delegado, a jovem foi mantida na casa desde o começo de maio até o último dia 8 de junho, quando conseguiu fugir. Ela contou a polícia que o sogro esqueceu uma porta aberta.

A jovem apresentava marcas de lesão em todo o corpo, conforme o delegado. Ela precisou ser internada por dois dias no hospital, pela gravidade dos ferimentos, até fazer a denúncia na Polícia Civil.

Segundo Caixeta, pai e filho devem responder por cárcere privado. O rapaz de 21 anos também deve responder por lesão corporal grave e estupro. O senhor confirmou apenas manter a jovem presa. O filho ficou calado durante o depoimento. O inquérito deve terminar em dez dias.

jovem agora está com a família e tenta se recuperar do trauma. “O sofrimento foi bastante intenso. Para que ela possa superar tudo isso que sofreu, ela necessitará de ajuda especializada”, disse o delegado.

Com informações G1.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
3 × 10 =