Image and video hosting by TinyPic

Noiado rouba bolsa de fisioterapeuta e exige recompensa para devolvê-la


Manaus – Policiais civis do 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Mutirão, Zona Leste de Manaus, estão à procura de um homem suspeito de roubo. Ele praticou o crime contra uma fisioterapeuta e depois foi a recepção de um hospital dizer que havia achado os pertences da vítima e exigir uma recompensa. As informações são do Portal Acrítica.

O fato inusitado ocorreu no bairro Cidade Nova, na Zona Norte da cidade. De acordo com a vítima, Taiana Correia, ao sair de sua residência, no núcleo 9 do bairro, foi fechada por um veículo, modelo gol, de cor e placas não identificadas. Após a abordagem, o homem que aparece na imagem sai do banco traseiro do carro e assalta a fisioterapeuta.

Segundo ela, o suspeito foi agressivo e levou bolsa com celular, dinheiro e até o jaleco. Em seguida o criminoso foi ao hospital Francisca Mendes, mesmo bairro, e avisou aos seguranças que havia achado os pertences de uma vítima. Ele pediu uma recompensa, mas não teve sucesso.

“O segurança não deu a recompensa e conseguiu a imagem do ladrão, me contactaram pelo Facebook. Fui ao local e não tinham meus pertences, mas tinha a imagem e ao ver reconheci que foi a pessoa que me roubou, que saiu do carro e me rendeu”, explicou a vítima.

Ainda segundo a fisioterapeuta, na imagem colhida pela segurança do hospital dá pra ver claramente que o criminoso está com uma mochila cheia de pertences. “A sacola estava cheia, deve estar com todas as minhas coisas dentro e inclusive dá pra ver parte do meu jaleco”, destacou.

Ela relatou que foi ao 27º DIP e registrou um boletim de ocorrência. A imagem do criminoso também foi repassada para a equipe de investigação. Quem tiver informações sobre o assaltante deverá entrar em contato pelo disque denúncia 181 ou 190.

A identidade será mantida em sigilo. Até a publicação desta matéria, a equipe da delegacia ainda não havia identificado ou preso o suspeito do crime, mas já investigava para tentar a prisão.


Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 ⁄ 14 =