Pedreiro é morto a tiros ao recusar entregar moto para assaltante

Manaus = O pedreiro Josenildo Santos Pinto, de 37 anos, morreu na madrugada de sexta-feira (4), no Hospital João Lúcio. Josenildo foi vítima de uma tentativa de assalto, quando foi atingido, na cabeça, por 4 disparos de arma de fogo na avenida das Flores, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

De acordo com parentes de Josenildo, o pedreiro saiu em sua motocicleta, modelo Biz, na noite de ontem, para buscar a filha de uma vizinha na escola. As vítimas foram abordadas por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os suspeitos tentaram roubar a moto do pedreiro, mas fugiram sem levar nada após as vítimas reagirem.

“No desespero a menina pulou da garupa da moto e os bandidos atiraram. Só levaram a vida dele”, lamentou uma cunhada da vítima, que preferiu não se identificar.

Josenildo chegou a ser socorrido por um comerciante. A vítima foi levada para o SPA Galileia e depois transferida para o Pronto-socorro João Lúcio, mas não resistiu e morreu durante a madrugada.

Os familiares ainda contaram que o local onde Josenildo sofreu a tentativa de assalto é bastante perigoso e fica próximo a uma área de invasão.

A vítima deixou a esposa e quatro filhos.

A Delegacia de Homicídios investiga o caso.

Com informações Em Tempo

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
29 + 20 =