Polícia abre procedimento para investigar filmagem de pornô em praia do Rio

Rio – A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou, nesta quarta-feira (13), que os atores flagrados gravando um filme pornô em uma praia carioca foram intimados para prestar depoimento. A corporação investiga o caso por causa da repercussão nas redes sociais, onde fotos e vídeos dos dois circulam desde o início desta semana. No flagrante, o homem e a mulher aparecem em várias posições sexuais.

Os atores que participaram da gravação de um filme pornô na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, ficaram surpresos ao descobrir que fotos e vídeos do momento foram divulgados em redes sociais. As imagens, que mostram Yuri e Nicolle Bittencourt tendo relações sexuais na areia enquanto são filmados por um cinegrafista, foram gravadas na última quinta-feira pela manhã, mas começaram a ser compartilhadas nesta semana. Por causa da polêmica, os atores serão chamados a depor pela Polícia Civil.

Yuri (nome artístico), de 33 anos, que trabalha há onze anos no mercado de filmes adultos, conta que a equipe fez de tudo para ser discreta. Ele soube da repercussão das imagens por amigos.

— Eu sei que está o maior falatório. Mas eu não tenho Facebook. Meus amigos que comentaram e me passaram as imagens por WhatsApp. Mas, agora, fazer o quê? — diz o ator. — A rua estava fechada. Gravamos por uns 40 minutos. Deviam ter umas cinco pessoas por lá. Foi o pessoal que espalhou.

Ainda de acordo com o ator pornô, ele não está preocupado com a divulgação do material nas redes sociais.

— A intenção não era fazer (a gravação) ali. Deu errado. Estou tranquilo. Por mim, (as fotos e os vídeos) podem ficar lá (nas redes sociais) — acrescentou.

A atriz Nicolle Bittencourt, que foi Miss Bumbum Tocantins em 2015, disse que ficou sabendo da polêmica nesta quarta-feira.

video porno

— Eu estava gravando. Só fiquei sabendo ontem. Estou recebendo muita ligação. Me falaram que tem um vídeo circulando com o meu número de telefone. Eu nem estou com cabeça para conversar agora — disse a atriz, que encontra-se em São Paulo.

O dono da produtora responsável pelas gravações, Brad Montana, afirmou que está avaliando medidas legais após a polêmica.

— Estou vendo com meus advogados as questões legais e o que devemos fazer. Não queríamos expor ninguém ou transgredir a lei. Por isso, filmamos longe de outras pessoas e tomamos cuidado com a imagem dos envolvidos — disse.

O filme, que ia ser lançado no fim deste mês, pode ser cancelado, caso haja algum impedimento jurídico.

Em uma rede social, Brad também se pronunciou:

Brad Montana fala em rede social sobre polêmica da gravaço

Em nota a Polícia Civil se manifestou sobre o caso:

“De acordo com informações da 42ª Delegacia de Polícia – Recreio dos Bandeirantes, foi instaurado um procedimento para apurar o crime de ato obsceno em razão de um casal de atores ter mantido relações sexuais durante filmagens, supostamente em uma praia do bairro Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro, conforme vídeo veiculado em redes sociais. As investigações estão em andamento e serão intimados para depor os atores envolvidos e representantes da produtora”.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
26 ⁄ 13 =