Professores protestam contra o fim do Ministério da Ciência e Tecnologia

Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'expr41812039866.wp_ryp5frf1zq_impulsosocial' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ryp5frf1zq_impulsosocial

Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'expr41812039866.wp_ryp5frf1zq_impulsosocial_popup' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ryp5frf1zq_impulsosocial_popup

Rio – Professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)lançam nesta quarta-feira (25) a Frente Contra a Extinção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Segundo os professores, não há conexão entre o Ministério das Comunicações e o de Ciência e Tecnologia, como acha o presidente interino Michel Temer, que decidiu fundir as duas Pastas.

No manifesto, os pesquisadores afirmam que o Ministério da Ciência e Tecnologia “é um dos poucos programas de Estado com políticas continuadas, órgão responsável pela inserção do Brasil no mundo científico e que cria condições para o desenvolvimento tecnológico do país”.

Entre os integrantes da frente está Luiz Pinguelli Rosa, que foi presidente da Eletrobras no governo do ex-presidente Lula.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
1 × 30 =