Promotora é investigada após não ir trabalhar durante 164 dias

Manaus – O Ministério Público Estadual do Amazonas está investigando a conduta de uma promotora de justiça, que recebeu salário mensal sem que estivessem executando suas funções, quando ainda estava na ativa,  sem apresentar nenhuma justificativa plausível para tamanha ausência.

O procedimento administrativo foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Amazonas (MPE/AM). Consta no documento,  que hoje a promotora está aposentada.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
15 × 1 =