Próximo do fim de seu mandato, Eduardo Braga é o senador que mais gasta com publicidade


Manaus – Prestes a ser descartado nas urnas caso não consiga convencer seus eleitores, o senador Eduardo Braga têm investido pesado em publicidade, seja por meio de mídias sociais, sites financiados ou quaisquer outros métodos disponíveis.

Afinal, em 2018, 54 dos 81 senadores precisarão se reeleger. No total todos os senadores gastaram, juntos, R$ 1,4 milhão nos primeiros sete meses de mandato para se autopromoverem. Com esse dinheiro, daria para alimentar cerca de 215 famílias, levando em conta o salário mínimo de R$ 937.

De todos os senadores o que mais gastou foi Eduardo Braga (PMDB-AM), que concorreu na ultima eleição  ao governo do Amazonas e acabou perdendo para Amazonino Mendes do (PDT-AM). Braga gastou mais de R$ 192,7 mil com divulgação entre os meses de  janeiro e agosto. Todo mês, o senador destina aproximadamente R$ 24 mil a agências de publicidade e propaganda.

Não é apenas a publicidade dos senadores que custa caro aos cofres públicos. Para se manterem no holofote, os parlamentares não têm poupado nenhum critério na hora gastar a cota. Os 81 senadores reembolsaram cerca de R$ 14,3 milhões,

De acordo com assessoria impressa do senador Eduardo Braga os autos valores se explicam pela problemática na prestação de contas no Amazonas, por se tratar de um estado de proporções geográficas grandiosas. A assessoria também informou que os gastos estão dentro do limite permitido pelas costa parlamentar. Cada senador do Amazonas pode gastar em media R$ 44.276,60 por mês, além dos salários bruto de R$ 33,7 mil, para cobrir despesas com  aluguel, passagens e marketing. Os senadores que representam o Amazonas têm direito à maior cota, que é calculada de acordo com o percurso entre o estado de origem e a capital federal.

 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas