Revoltada, população invade e quebra delegacia após adolescente ser morto durante abordagem policial em Manaus

Manaus – Revoltados, moradores do bairro Santo Antônio, na Zona Oeste de Manaus, depredaram o 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), após o adolescente Hering Silva Oliveira, de 15 anos, que estava jogando futebol com amigos em um campo na rua Agostinho Caballero Martin, no bairro Santo Antônio, ser baleado e morto com um tiro nas costas durante uma abordagem realizada por policiais militares a 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na tarde desta quinta-feira(25).

A vítima chegou a ser levada ao SPA do São Raimundo, mas não resistiu e veio à óbito. “Eles disseram que tinha uma denúncia de uns marginais lá no campo consumindo droga, mas o meu filho estava se drogando ele apenas estava jogando bola com os amigos. Ele deve ter ficado assustado com a truculência da polícia e acabou correndo e nisso atiraram nele pelas costas. Eu não tenho dúvidas que foi a Polícia que atirou no meu filho”, disse a mãe do adolescente, a dona de casa Marlene Silva, de 42 anos, inconsolável.

Foto: Marcio Melo

Amigos e familiares do adolescente morto dizem já terem identificado o policial autor do disparo, que fugiu sem prestar socorro à vítima. Extremamente consternados eles e exigem uma resposta imediata e a apuração dos fatos pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) sobre a conduta do militar.

O titular da SSP-AM, Coronel Amadeu Soares, informou que aguarda os resultados dos exames periciais para indicar se houve falha por parte  da PM.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
12 × 14 =