Rodoviários de Manaus podem ficar sem o 13º salário, diz Sinetram

Manaus –  O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas, informou na audiência na Superintendência Regional do Trabalho (SRT), que não tem como honrar o pagamento dos vencimentos mensais até o final deste ano, bem como do 13º salário dos rodoviários.

Durante a reunião o representante jurídico do Sinetram, Fernando Borges, informou que um déficit que vem sendo acumulado referentes a subsídios que não foram repassados pela Prefeitura de Manaus é um dos principais fatores do não pagamento.

Fernando explicou que uma das alternativas é negociar com os trabalhadores o parcelamento do salário. E uma reunião com os representantes da categoria já foi definida para deliberar sobre o assunto no dia 21.

Greve

O sindicato que representa os rodoviários informou que é contra qualquer tipo de atraso ou parcelamento nos salários e que, caso esse cenário se confirme, a hipótese de uma greve não está descartada.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
14 + 18 =