Ronaldinho Gaúcho vai disputar o Senado com apoio de Bolsonaro

Rio – Ronaldinho Gaúcho vai se candidatar a uma vaga ao Senado em 2018, pelo estado de Minas Gerais. Ele teria negociado com o PEN partido que deve mudar de nome e se torna Patriota.

As informações foram divulgadas na coluna de Lauro Jardim, segundo o jornalista a parceria  foi confirmada pelo o vice-presidente do Patriota, Gutemberg Fonseca.

O jogador está aguardando Bolsonaro oficializar sua filiação, durante um evento partidário que deve acontecer em março de 2018, para se filiar ao “Patriota”.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
13 × 15 =