Secretária de José Melo é acusada de nepotismo


Portal Tucumã – Informação com Credibilidade

Manaus – Há uma semana, o jornal O Estado de São Paulo, publicou uma matéria onde fazia denúncias sobre um ato nada republicano praticado pela chefe da Secretaria de Relações Institucionais do Amazonas em Brasília, Nafice Bacry Valoz.

Publicado na seção ‘Coluna do Estadão’ e escrito pelos jornalistas Andreza Matais e Marcelo Morais, o jornal aponta que Nafice teria nomeado para exercer cargos de confiança, sua filha, seu genro e um sócio de sua empresa, na secretaria que funciona como a representação do Amazonas em Brasília.

E ainda de acordo com a matéria, após cinco dias de espera da manifestação do Governo do Amazonas sobre o caso, a resposta foi de que o governador já teria ordenado a exoneração dos agraciados com salários provenientes de verbas públicas e que sequer moram em Brasília.

Leia a matéria na íntegra abaixo:

A secretária de Relações Institucionais do Amazonas, Nafice Bacry Valoz, empregou o genro, a nora e um sócio em cargos comissionados no órgão, que é responsável pela representação do Estado em Brasília. Nas redes sociais, tanto o genro quanto a nora informam morar fora do Distrito Federal.

O governador José Melo (PROS), procurado pelo Estado, levou cinco dias para se pronunciar. Respondeu que determinou a exoneração dos três comissionados. Justificou que a decisão teve como base “os princípios constitucionais da moralidade e da impessoalidade, que estão acima do interesse pessoal”. A secretária não se manifestou. Com informações Portal Tucumã.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas