Segurança agride jornalista e cinegrafista com socos e pontapés durante convenção de Braga e Marcelo Ramos


Manaus –  Com socos e pontapés,  suposto segurança do senador Eduardo Braga,  agrediu a jornalista, Laila Pereira, da Rede Amazônica de Rádio e Televisão, afiliada à Rede Globo, e o repórter cinematográfico Walfran Leão, da TV Em Tempo, afiliada à Rede SBT.

A agressão aconteceu durante a chegada do candidato a Governo do Estado, senador Eduardo Braga, na quadra da escola de samba Unidos do Alvorada.

Segundo a jornalista  a confusão teve inicio na chegada do Eduardo Braga, que havia muita gente tentando se aproximar do senador, com muito tumulto e empurra-empurra, e que ela estava seguindo o caminho para a área destinada à imprensa, próximo  do palco, quando na confusão os seguranças bloquearam a entrada  e ocorreu a agressão.

Laila informou  que o cinegrafista levou um chute e teve a câmera empurrada e só não caiu porque outro jornalista o segurou, mas levou socos por baixo. “Como eu estava muito próxima do  Walfran, no tumulto, que foi grande, levei um soco na altura do estômago e fiquei sem ar”. Em mensagem divulgada em grupo no whatsApp, a repórter afirma que o jurídico da Rede Amazônica está acompanhando o caso.

Sindicato dos Jornalistas do Amazonas divulgou nota de repudio pela agressão aos profissionais.

Em nota, a assessoria dos candidatos Eduardo Braga e Marcelo Ramos lamentaram “profundamente a agressão sofrida pelos jornalistas  no dia de hoje”. Segundo a nota diz que mesmo sem responsabilidade direta pelo incidente, Eduardo Braga se desculpou, em seu nome e no de Marcelo Ramos, durante a coletiva de imprensa, e em telefonema aos jornalistas agredidos.

 

 


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas