Sylvester Stallone completa 70 anos de uma vida dedicada ao cinema

Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'expr41812039866.wp_ryp5frf1zq_impulsosocial' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ryp5frf1zq_impulsosocial

Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'expr41812039866.wp_ryp5frf1zq_impulsosocial_popup' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ryp5frf1zq_impulsosocial_popup

São Paulo –  Sylvester Stallone está completando 70 anos nesta quarta-feira, 6. O astro hollywoodiano, famoso por interpretar campeões de bilheteria como Rocky Balboa e Rambo, teve uma história de vida bastante complicada e passou por muito sufoco até alcançar o sucesso.

Stallone nasceu em 6 de julho de 1946 em Nova York e, devido a complicações no parto, os médicos precisaram usar dois pares de fórceps para ajudá-lo a nascer e isso acabou causando um dano em um nervo da face e a consequente paralisia de parte do rosto, afetando inclusive os lábios e a fala.

Depois de uma infância complicada com o divórcio dos pais, ter passado por lares adotivos e ter decidido ser ator, o início da sua carreira foi bem difícil. Ele se mudou para Nova York para buscar sucesso mas teve muitos problemas para conseguir os primeiros trabalhos e sobreviver. Após tentar trabalhos curiosos como limpar jaulas de animais no zoológico, ele foi despejado e passou vários dias desabrigado. No alto do desespero, ele viu um anúncio para participar de um filme pornô “soft” chamado ‘Party at Kitty’s and Studs’ e se inscreveu para o trabalho em troca de 200 dólares. Curiosamente, o filme foi relançado alguns anos depois como “Italian Stallion” para pegar carona no sucesso de Rocky.

Com a dificuldade em iniciar sua carreira de ator, Stallone começou a escrever para tentar ganhar dinheiro. Após assistir uma luta histórica entre Ali e Chuck Wepner em que o último, apesar de levar uma surra, continuava insistindo e lutando, ele teve a ideia para o filme de um pugilista amador que recebe a chance de lutar pelo título. Após algum tempo ele havia escrito o roteiro deRocky e começou a oferecê-lo para vários estúdios com a condição de que ele deveria estrelar o filme. Depois de muito insistir, os produtores Irwin Winkler and Robert Chartoff gostaram muito do roteiro e decidiram fazer o filme. No entanto, eles queriam escalar um ator mais experiente para o papel e chegaram a oferecer 350 mil dólares pelos direitos do filme. Mesmo com extremas dificuldades financeiras, Stallone não aceitou a oferta e concordou receber apenas 25 mil dólares para estrelar o filme. Já pensou se ele tivesse vendido o roteiro?

Depois de alguns anos sem emplacar sucessos, Stallone voltou com a franquia ‘Os Mercenários‘, em que divide a tela com seus antigos concorrentes do gênero de ação e tira sarro da sua idade avançada e do próprio estilo. Mas foi neste ano que ele nos surpreendeu ao retornar para o seu personagem mais famoso, Rocky Balboa, através do filme Creed que arrebatou plateias pelo mundo e o colocou como um dos favoritos ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

O astro não levou o prêmio da Academia, mas o fato é que sua atuação em Creed foi realmente muito tocante e não seria injusto lhe dar o Oscar por um personagem criado por ele e que, ao meu ver, é o que mais se parece com o verdadeiro Stallone.

Selecionamos quatro momentos destruidores do americano nas telonas que provam que o eterno John Ramborealmente está pronto para qualquer briga:

No segundo longa da franquia Rambo, Stallone volta no papel do veterano de guerra John Rambo com a missão de retornar ao Vietnã para verificar a situação de prisioneiros americanos. Uma das maiores bilheterias do ano de lançamento, o longa é um dos principais responsáveis pela imagem de durão do americano.

Nesta produção, Stallone assume o papel de um policial que encara missões de alto risco. Considerado um dos longas icônicos do ator, Cobra também recebeu nada menos que seis indicações negativas no Framboesa de Ouro – prêmio dos piores filmes do cinema.

Nesta história que combina força, determinação e sede de vingança, Stallone protagonizou uma das lutas mais famosas da franquia Rocky para provar que os atletas americanos são melhores que os soviéticos – pelo menos no ringue.

Aqui, Stallone volta ao ringues de boxe como o teinador e assume o posto de protagonista em uma produção que não deixa a desejar quando o assunto é ação em cena. Aclamado pela crítica, o ator mostrou que continua com tudo em cima nas telonas em plenos 69 anos.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
3 × 11 =