‘Covidão’: Justiça manda soltar presos em Operação Sangria

MANAUS – AM |  A secretária de Saúde do Amazonas, Simone Papai, teve alvará de soltura expedido na noite do último sábado (04). Ela estava presa no Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF) desde terça-feira (30), quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Sangria, que também teve como alvo empresários e o governador Wilson Lima (PSC).


Além de Simone, serão soltos, o ex-secretário executivo adjunto de saúde, Preseverando da Trintade Garcia Filho, e também o empresário Cristiano da Silva Cordeiro. Eles serão liberados nas próximas 24 horas.


As prisões ocorreram durante a operação “Sangria” deflagrada na terça-feira, 30, onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão. Essa operação investiga fraudes na compra de respiradores para o sistema de saúde do estado do Amazonas, para atender a grande demanda de pessoas infectadas pela covid-19.

Categorias: Justiça