Adolescente vai pedir ajuda em batalhão e acaba sendo estuprada por policial militar

Manaus – O policial militar Francislande Oliveira Duarte, 43 anos, está preso desde da tarde da última terça-feira (16), na cidade de Manacapuru acusado de estuprar uma adolescente de 14 anos. 

De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, o abuso sexual aconteceu na última sexta-feira (12), por volta das 22h, quando a adolescente foi até o 9º Batalhão da Polícia Militar, em Manacapuru, buscar ajuda após um desentendimento com a mãe e ser expulsa de casa.

Segundo informações da delegada Roberta Merly, o crime ocorreu na última sexta-feira (12) (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ainda segundo a delegada, durante o atendimento, a vítima foi questionada pelo policial militar, que após fazer algumas perguntas à adolescente, passou a pegar nas partes intimas dela.

“Armado o militar obrigou a jovem a ir até o banheiro com ele, onde foi consumado o estupro. Após cometer o crime, ele levou a adolescente até o carro dele, onde a violentou pela segunda vez. Depois de praticar a violência sexual, o policial deixou a vítima na casa dela. Um dia após o crime, o Conselho Tutelar foi acionado pelos familiares da vítima que levaram o caso até a Delegacia Especializada de Polícia de Manacapuru”, afirmou Roberta Merly.

Reincidente

Após tomar conhecimento do crime, a delegada encaminhou o pedido de prisão do militar à Justiça. A ordem judicial foi expedida no dia 16 de julho deste ano, pela juíza de Direito Scarlet Braga Barbosa Viana, da Comarca de Manacapuru. Roberta enfatizou que o policial já havia sido detido por estupro.

Procedimentos

O policial militar foi indiciado por estupro e encaminhado ao Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas, em Manaus, onde permanece preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
19 − 11 =