Aluno de Medicina da UEA ameaça de morte professor após receber nota baixa em disciplina

Manaus – A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) abriu inquérito disciplinar para apurar ameaças de morte feitas por um estudante da escola de saúde da instituição e dirigidas ao professor dele, de 43 anos. O professor procurou o 28° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para registrar boletim de ocorrência contra o aluno nessa quarta-feira (13).

Segundo o professor, o estudante começou as ameaças após não gostar da nota obtida em uma avaliação e após isso começou enviar mensagens privadas via WhatsApp contendo ameaças de morte.  Ele mandava mensagens insistentes pedindo para que mudasse a nota dele no   portal AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), da UEA.

uea_4B85474D-3E94-4253-BE4C-B1A04DE3174D.JPG

Depois que ele informou que isso não seria possível, ele foi mais agressivo e escreveu: Você brincou com a pessoa errada. A minha nota do AVA equivale a vida de pessoas. Estou na ESA armado.

De acordo com a assessoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o reitor tomou ciência do “suposto ato delituoso de ameaça à integridade física de professores  ocorrido na manhã desta terça-feira (13) na Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA/UEA), localizada na Avenida Carvalho Leal, n 1777, bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus. Prontamente acionou a Chefia da Casa Militar do Estado com o objetivo de garantir a segurança na unidade. Assim, orientou à Direção da Escola a proceder boletim de ocorrência no 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e abriu ex officio às medidas administrativas e disciplinares cabíveis em relação aos envolvidos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 − 10 =