Após parto, mulher acha material em decomposição na genitália

Manaus –  Após um parto extremamente complicado Alexandra Loredana  viveu momentos de aflição e terror. A  jovem está no centro de uma investigação realizada pelo órgão de saúde britânico NHS que apura  o encontro  material cirúrgico em decomposição dentro da vagina de mulher que realizou  o parto no Wexham Park Hospital (Reino Unido).

Depois de uma semana de alta a mulher sentiu um forte odor vindo da sua vagina e notou o aparecimento de  pequenas feridas, a mãe do pequeno Dominic  resolveu retornar até o hospital para explicar que estava preocupada e sentia muita dor  quando urinava. Além disso, as dores evoluíram para um forte sangramento, que a obrigou a chegar a trocar de absorventes até dez vezes ao dia.

Uma médica foi chamada para verificar os pontos da cirurgia, no entanto não constatou nada e resolveu liberar a mãe. Ao chegar  em casa, Alexandra continuou sentindo fortes dores na região vaginal   e decidiu por conta própria se auto r examinar.  Ela acabou descobrindo algo bem desagradável: “Eu removi material bem grande em decomposição coberto de sangue e apodrecendo dentro de mim”, disse Alexandra Loredana.

“Após a descoberta lavei toda a região e fiz a limpeza dentro da minha vagina, pois estava me sentido enojada e queria limpá-la. Fiquei extremamente assustada quando tirei  as luvas usadas no parto e uma gaze podre. Apenas sente um cheiro insuportável de coisa podre”, contou.

Arquivo Pessoal
Objeto encontrado dentro da vagina da jovem

Após a limpeza, a mulher procurou  o departamento de acidentes e emergências no hospital onde foi realizado o parto, e relatou o  caso a outro médico. O porta-voz do hospital informou durante entrevista a rede BBC, que uma sindicância foi instaurada para apurar a responsabilidade do que aconteceu com Alexandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
16 − 10 =