As mais lidas da semana | Após ter iPhone roubado, mulher persegue e domina assaltante em Manaus

Manaus  – Não é a mulher maravilha! É apenas uma vítima indignada da violência que atinge a cidade de Manaus.

Anne perseguiu o assaltante pelas ruas do centro de Manaus, após ser roubada dentro de um ônibus próximo a igreja da Matriz. Ela conseguiu capturar o assaltante  com ajuda de populares na Av. Epaminondas próximo ao colégio Dom Bosco.

A vítima  relatou o caso em seu perfil no Facebook e logo a história inusitada viralizou.

Confira o depoimento:

Segundo o especialista em segurança publica Pedro Dino, reagir  a assaltos só dá certo em 10% dos casos.

Pedro alerta para o fato de que a reação da vítima é considerada um desrespeito pelo bandido que, como resposta, reage com uma violência ainda maior. Por isso, confrontar o ladrão, mesmo que ele pareça não estar armado nem ofereça grandes riscos, é sempre a pior opção. “Até porque, quase nunca eles agem sozinhos. O comparsa pode estar fora do seu campo de visão, atrás de você ou do outro lado da calçada”, diz.

O ideal é tentar manter a calma e informar ao assaltante todos os passos que você tomar para que ele não confunda seus movimentos com uma tentativa de reação. Antes de tentar tirar o dinheiro da bolsa, por exemplo, diga ao ladrão que vai fazer isso, para que ele não pense que você vai sacar uma arma.

O Capitão da Polícia Militar Carlos Gama também orienta as pessoas a tentarem manter a tranquilidade. “Não é fácil, mas a melhor coisa que a pessoa pode fazer é tentar manter um diálogo enquanto observa as características do assaltante para, depois, poder passar informações mais precisas à polícia”, diz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
27 × 3 =