Bate-boca quase termina em briga de vereadores na Câmara de Manaus

Manaus – A sessão da Câmara Municipal de Manaus realizada na manhã desta segunda-feira (27) quase terminou em briga entre dois parlamentares. Chico Preto (PMN) e  Sassá da Construção Civil (PT) bateram boca, trocaram ofensas e empurrões. De acordo com testemunhas a discussão só  terminou porque o vereador Sargento Bentes Papinha  (PR), teria chegado a segurar uma arma para apaziguaram os ânimos.

“Vamos lá para fora”, disse Chico Preto. Sassá,  também alterado, partiu para cima do vereador dentro do próprio plenário. A sessão teve que ser interrompida por alguns minutos.

O tema do plenário desta manhã foi o armamento de policiais civis e militares fora de seus horários de trabalho.  Por conta disso, o petista teria discutido e empurrado Chico Preto.

A assessoria da Câmara Municipal de Manaus, informou que o presidente da casa o vereador, Wilker Barreto  (PHS),  solicitou a instalação imediata de detectores de metais na entrada do plenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
15 + 13 =