Bolsonaro passa mal no 5º dia após a cirurgia e médicos colocam sonda

São Paulo – O Hospital Albert Einstein, em São Paulo, divulgou nota, neste sábado (2/2), informando sobre o quadro pós-operatório do presidente Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com o boletim, o chefe do Executivo teve uma recaída e precisou uma sonda nasogástrica, por conta de náuseas e vômito

Os médicos informaram que o chefe do Executivo nacional está sem dor ou febre e com os exames laboratoriais normais. Bolsonaro continua em jejum com alimentação parenteral. As informações são do Metrópoles.

Carlos Bolsonaro, filho do presidente, divulgou pelas redes sociais que o pai havia passado mal durante a tarde, mas que a situação foi contornada pelos médicos.

Bolsonaro está internado desde o dia 28 de janeiro, quando se submeteu a nova cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia que usava desde o atentado sofrido durante a campanha à presidência da República, em setembro do ano passado.

Esse foi o terceiro procedimento cirúrgico ao qual o presidente se submeteu. O golpe atingiu o intestino e foi preciso colocar uma bolsa de colostomia no presidente.

O atentado ocorreu durante agenda da campanha presidencial em Juiz de Fora (MG). Adélio Bispo, responsável pelo crime, foi preso minutos depois e está detido no presídio federal de segurança máxima de Campo Grande (MS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
16 + 24 =