Após ser demitido pela Rede Amazônica, Clayton Pascarelli comandará programa na TV A Crítica

Manaus –  A Rede Calderaro de Comunicação (RCC) está preparando muitas novidades para este ano de 2017. A primeira delas é a chegada de Clayton Pascarelli para reforçar o time de jornalismo da TV A Crítica. Ele comandará um programa vespertino que será lançado ainda no primeiro semestre. À reportagem, o amazonense de 29 anos disse estar ansioso para enfrentar o novo desafio que lhe foi proposto e para reencontrar os telespectadores do Estado do Amazonas.

“É muita coisa nova. O Dissica Calderaro [presidente da TV A Crítica e vice-presidente da RCC] falou muito bem das perspectivas de novidades, de mudanças, de crescimento e de fazer acontecer, seja qual for o produto. O que gosto é do desafio. Sempre fui posto em diversas atividades diferentes, desde o início, porque gosto disso. Quem foi meu chefe sabe que sou assim. Conheço praticamente todo mundo da RCC, respeito muita gente daqui e tenho vários amigos na casa, mas, realmente, é a primeira vez que eu mudo. Fui criado de um jeito e agora estou começando a me moldar para acompanhar a política da empresa”, declarou.

Com 11 anos de carreira no jornalismo, Pascarelli disse que toda a experiência adquirida nos anos de profissão será utilizada no programa que comandará na TV A Crítica. Apesar de não poder antecipar muita coisa, porque faz parte da surpresa que está sendo elaborada para os telespectadores, o jornalista disse que o televisivo seguirá o seu perfil profissional.

“É voltado ao jornalismo e ao que acontece no cotidiano das pessoas. Vou manter o meu perfil. Sou uma pessoa que gosta de passar a verdade, de brigar pelo direito das pessoas, que procura justiça e ser justo. Os telespectadores vão me ver como sempre fui, tanto que a TV A Crítica me procurou justamente pelo perfil que queria encaixar no programa. Vamos fazer o programa de acordo com o perfil que eles entendem como ideal”, afirmou Pascarelli, que é membro da diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

Transmissão de Carnaval

Novo na TV A Crítica, Pascarelli também terá o desafio de apresentar junto com Daniela Assayag o desfile das escolas de samba do grupo especial do Carnaval de Manaus. “Fiz coisas mais pra cima, mas voltadas para as áreas da saúde e da educação. Carnaval é a primeira experiência. É algo bastante desafiante. Apesar de ter um perfil alegre, ainda me considero muito sério porque vim do jornalismo. A Daniela Assayag tem um perfil mais alegre e vai dar um gás [à transmissão], eu vou aprender muito”, garante.

Esse ano será a segunda vez que Daniela transmitirá ao vivo os festejos do rei Momo. A maratona dura mais de 12 horas. Segundo ela, a preparação está sendo tão intensa quanto no ano passado. “Como qualquer estreia estava bem nervosa na transmissão ao vivo, nunca tinha feito algo tão longo e tão importante como o Carnaval. Esse ano, segunda vez, estou mais tranquila, o que não quer dizer que não vou ter a mesma preparação. Vou visitar escolas, os barracões, conhecer as baianas… A emoção que podemos passar ao vivo é em cima do que a gente vive junto com as pessoas que constroem o Carnaval”.

Com informações Portal Acrítica. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
11 − 9 =